Como economizar ao fazer compras online

in Gastando menos em compras by Fabio Faria



Marjorie Rodrigues

Marjorie Rodrigues

O varejo online brasileiro triplicou de tamanho nos últimos quatro anos – só em 2013, movimentou R$31 bilhões, segundo a ABComm, Associação Brasileira de Comércio Eletrônico. O dado não surpreende: afinal, se cada vez mais brasileiros têm acesso à Internet e muitos a carregam no bolso o tempo todo, nada mais natural que o comércio passe a ocorrer cada vez mais também online.

Além da comodidade e praticidade, comprar em lojas virtuais é uma boa ferramenta para economizar. Diversos itens são vendidos por um preço mais barato na Internet, já que o varejista virtual não precisa se encarregar das despesas relacionadas à manutenção de uma loja física. Porém, é preciso organização, paciência e cautela para encontrar os melhores preços online.

O Flipit, plataforma mundial de descontos presente em 22 países, incluindo o Brasil, dá abaixo dicas para economizar ao fazer compras na Internet:

  • Compare preços: ferramentas como Buscapé e Já Cotei permitem ao internauta monitorar quando o preço de um determinado item baixa nas principais lojas virtuais.
  • Procure cupons de desconto: você já reparou que, no carrinho de compras, antes de finalizar o pedido, existe um campo para inserir um código promocional? Estes códigos, chamados de cupons de desconto, são oferecidos gratuitamente em sites como o Flipit. Portanto, antes de fechar a compra, abra uma nova aba no navegador e procure no Flipit se há um cupom de desconto para a loja desejada. Caso não o encontre, vale conferir se uma loja concorrente, que vende o mesmo produto, tem um cupom.
  • Navegue em dias e horários incomuns: as lojas virtuais costumam fazer promoções mais agressivas nos momentos de baixo tráfego, como madrugada e finais de semana.
  • Espere para comprar: você já visualizou um produto numa loja virtual, não comprou e depois passou a ver anúncios desse produto em diversos outros sites e redes sociais? Pode reparar que, quanto mais você demorar para comprar o tal produto, menor será o preço que aparecerá nesses anúncios.
  • Abandone o carrinho de compras: outra boa estratégia é clicar em “comprar”, mas não finalizar a compra. Muitas lojas virtuais passam a te enviar e-mails oferecendo os produtos “abandonados” por um preço menor.
  • Apague os cookies do navegador em sites de viagens: os sites de passagens aéreas utilizam a estratégia oposta. A cada vez que você entra no site para pesquisar passagens para o mesmo trecho, elas aparecerão mais caras. A ideia é que você compre o mais rápido possível, com medo do preço aumentar mais ainda. Limpar os cookies e o histórico do seu navegador fará com que as passagens voltem ao preço anunciado originalmente.
  • Assine as newsletters das suas lojas favoritas e siga-as nas redes sociais: algumas lojas oferecem descontos exclusivos para os assinantes da newsletter e seguidores.
  • Veja se sua loja virtual favorita tem um programa de fidelidade: se você compra com muita frequência na mesma loja, veja se ela oferece descontos especiais a clientes assíduos. Lojas virtuais novas também costumam recompensar clientes que indicam a loja aos amigos. Você ganha um vale-compra ou desconto a cada vez que um amigo seu efetua uma compra.
  • Compre à vista: muitas lojas virtuais, principalmente as de eletrodomésticos eletrônicos, oferecem descontos adicionais para quem utiliza formas de pagamento à vista, como boleto bancário e Paypal. Pagar com cartão de crédito é geralmente a forma mais cara, pois existem lojas que cobram uma taxa de quem o utiliza.

Por Marjorie Rodrigues, editora do Flipit Brasil.

Acompanhe nossos artigos e novidades seguindo o dinheiro etc. no twitter.