Planejamento Financeiro

Um bom planejamento financeiro, seguido com disciplina, é uma peça fundamental para a formação de um grande patrimônio. Acompanhado de um bom controle financeiro, um planejamento financeiro bem executado permite definir e atingir metas importantes.

Esta página apresenta simuladores financeiros, artigos e discussões sobre como executar um bom planejamento financeiro.

Abaixo listamos alguns simuladores que buscam auxiliar no planejamento financeiro, na definição de metas e no conhecimento do que é necessário para atingir tais metas:

Autonomia financeira Este simulador de autonomia financeira permite estimar o tempo pelo qual um determinado montante aplicado garante uma determinada renda mensal.
Como fazer o dinheiro render? Este simulador permite um planejamento apropriado para que um valor investido possa ser conscientemente gasto, para fazer o dinheiro render por um determinado período.
Planejamento financeiro Use este simulador para planejar aplicações, gastos relevantes, independência financeira e aposentadoria.
Quanto investir para ter 1 milhão? Como saber quanto investir? Definindo uma meta de saldo a ser acumulado em um determinado prazo, este simulador lhe informa quanto investir mensalmente de forma a se atingir tal meta.
Simulador de investimentos Este simulador de investimentos permite estimar o valor acumulado após determinado período com base em dados como aplicação mensal e juros reais obtidos no investimento escolhido.

 

 

Artigos recentes ligados a planejamento financeiro e investimentos postados no blog dinheiro etc.

  • Por que é tão difícil simplesmente guardar dinheiro?

    Passeando ontem (domingo) com minha esposa, me vi em uma situação intrigante. Ela defendia que tínhamos a necessidade de uma TV nova para nossa sala. Enquanto ouvia seus argumentos eu só pensava no saldo de nossas aplicações financeiras. Minhas respostas de questionamento técnico sobre os modelos de TV eram no fundo uma roupagem, um disfarce do real motivo de minha relutância: o dinheiro.

    A Economia é a ciência da escassez, pois se recursos não fossem escassos, [Ler mais...]

  • Controle = Eficiência + Tranquilidade

    A mente humana é incrível, e incrivelmente complicada. Reações como o estresse proveniente de preocupações, ansiedades e dúvidas geram um efeito devastador no organismo, mesmo que nenhum destes sentimentos seja justificado. Essa é nossa natureza, e mudá-la é missão impossível. Mesmo remédios contra a ansiedade, que podem aliviar parcialmente o problema, carregam consigo inúmeros efeitos colaterais indesejados.

    Boa parte das grandes preocupações do trabalhador chefe de família está ligada às finanças pessoais, pois delas depende o [Ler mais...]

  • A diferença entre investir e aplicar

    Na economia existe uma distinção muito clara entre os conceitos de gastos e investimentos. Na linguagem usual existe também uma grande diferença uma vez que investimentos carregam uma conotação muito mais positiva do que gastos.

    Mas até que ponto gastos usuais não podem ser encarados como investimentos? Devemos nos libertar da noção de que investir é necessariamente sinônimo de guardar dinheiro em uma aplicação financeira.

    Um jantar fora com a esposa ou o marido pode ser um excelente investimento no [Ler mais...]

  • Despesas anuais e o orçamento mensal, e agora?

    Com tantas despesas e ganhos anuais, como fazer um orçamento mensal?

    A pergunta faz muito sentido. Parte considerável de nossas despesas e receitas ocorrem uma vez ao ano. Dentre as despesas, é o caso dos seguros de carro (ainda que parcelados, são cobrados anualmente), IPVA e viagens de fim-de-ano. Para as receitas, temos o décimo terceiro, férias remuneradas, bônus por produtividade (em alguns tipos de emprego), etc.

    São tantas excessões, que se cada uma delas ocorrer em um mês distinto, [Ler mais...]